Google lança ferramenta de tracking em tempo real de mãos para desenvolvedores

Google lança ferramenta de tracking em tempo real de mãos para desenvolvedores

A Google lançou, para pesquisadores e desenvolvedores, seu próprio serviço de tracking de mãos usando o aprendizado de máquina, um método de reconhecimento de padrões; os engenheiros da Google Research Valentin Bazarevsky e Fan Zhang chamam a nova tecnologia de “nova abordagem à percepção de mãos”.

Revelado no CVPR 2019, em junho, o dispositivo da Google de tracking em tempo real está finalmente disponível para que os desenvolvedores o explorem todas as possibilidades da ferramenta, que também foi implementada no MediaPipe, uma plataforma para desenvolvedores que buscam processar irrigações para vídeo ou áudio.

“Enquanto as ferramentas atuais dependem de um desktop potente, nosso método alcança uma performance em tempo real num dispositivo móvel,” disseram Bazarevsky e Zhang, em um post no blog da própria Google.

A Google Research espera que o novo método de tracking de mãos desperte um senso criativo na comunidade e estimule novas aplicações e linhas de pesquisa.

Bazarevsky e Zhang explicam que existem três sistemas primários que fazem parte de seu método de tracking: um modelo de detector de palma (chamado BlazePalm), um modelo “hand landmark” que gera pontos de referencia fidedignos em 3D, e um sistema de reconhecimento de gestos, que classifica os pontos criados anteriormente em uma série movimentos.

No futuro, Valentin e Fan planejam que a Google Research continue a aprimorar seu trabalho de tracking de mãos para torna-lo mais robusto e estável, e esperam aumentar a quantidade de gestos que a ferramenta pode detectar. Além disso, também esperam interpretar gestos dinâmicos, o que poderia facilitar o aprendizado e tradução de língua de sinais das máquinas e a controlar gestos mais fluidos.

Não só isso, mas ter um um dispositivo mais fiel de tracking de mãos pode ser um recurso importante para a Realidade Aumentada, daqui para frente; enquanto os headsets dependerem de câmeras frontais para visualizar o mundo, entende-lo continuará a ser um problema para as máquinas e computadores.

A Realidade Virtual também não fica de fora, é possível que sistemas como esse, posam substituir o uso de controles no futuro com o aprimoramento da tecnologia.

Faça sua “figuinha”, e deixe a tecnologia fazer o tracking e expandir, para assim nos trazer cada vez mais sorte!

Quer desenvolver algum projeto usando novas tecnologias? Entre em contato conosco pelo site agenciacasamais.com.br ou pelo telefone: (11) 3467 – 1985.

WhatsApp chat
Close Panel