Jarvish: capacete de motocicleta com Realidade Aumentada

Jarvish: capacete de motocicleta com Realidade Aumentada

É uma ideia genial, se você parar para pensar. O capacete Jarvish combina o uso funcional da Realidade Aumentada com a vontade das pessoas de ter informações em tempo real, sem precisar usar as mãos, o que é, logicamente, o próximo passo da tecnologia, já que nos acostumamos a interagir com smartphones e assistentes de Inteligência Artificial.

A companhia Jarvish, fundada em 2014, é composta por um grupo de entusiastas de motocicletas e membros do antigo Advance Technology Division (ATD), da Foxconn. O mesmo grupo já havia produzido um capacete popular chamado Jarvish X, que possui speakers sonoros surround em HD, um microfone com redução de ruídos, e uma câmera frontal 2K. Mas, seu mais novo protótipo, o Jarvish X-AR, da um passo a frente com uma gama enorme de funcionalidade em Realidade Aumentada.

“Tanto o X quanto o X-AR foram desenvolvidos para otimizar a experiência de andar em uma motocicleta com recursos inteligentes que possibilitam que o motociclista foque na estrada a sua frente sem nenhuma distração,” diz Jeremy Lu, CEO da Jarvish. “Os policiais de Taiwan já estão utilizando a primeira geração dos capacetes inteligentes Jarvish para gravar seus percursos, coletar evidencias e se manter conectados com a Central de Comando da Polícia local.”

O novo capacete em Realidade Aumentada, que pesa algo em torno de 1,7kg, foi desenvolvido na Alemanha e é inteiro de fibra de carbono. O HUD pode ser controlado e retraído facilmente por meio de controle de voz e pode ser integrado a serviços como Alexa, Siri e Google Assistant, pois assim os motociclistas podem usar a ativação de voz para controlar as câmeras, fazer chamadas, ouvir música, etc.

O X-AR possui um display (HDU) com Realidade Aumentada integrada que usa mapas e rotas do HERE Technologies e permite que os usuários ativem a rota desejada com o controle de voz e recebam direções em áudio e/ou vídeo, por meio do app da Jarvish. A tecnologia por trás da tela garante que, mesmo com exposição à luz forte, as projeções sejam sempre claramente visíveis.

O capacete tem também a habilidade de notificar o usuário sobre as áreas de tráfego lento, relatar previsões do tempo, mostrar indicadores de velocidade, radares e ligações recebidas no smartphone do motoqueiro. E ainda mostra imagens de toda a volta do motociclista, para que ele tenha uma visibilidade 360° da rua em que está.

Ele vem com uma câmera frontal 2K integrada e um cartão de memória removível (que pode variar de 16GB a 256GB). Isso significa que você pode, se quiser, transmitir seu percurso em tempo real em suas redes sociais, por meio de controle de voz, ou baixar o vídeo para seu smartphone, ou fazer um upload para a nuvem. A bateria do capacete dura por horas de uso continuo e pode ser carregada por meio de um carregador wireless micro-USB.

A Jarvish já conseguiu 200mil dólares nos dois primeiros dias de campanha de arrecadação de fundos para a produção desses capacetes, superando sua expectativa inicial de 50mil dólares. Além de arrecadar fundos de produção, a campanha tem o objetivo de recrutar mais engenheiros para criar o sistema e as aplicações de Realidade Aumentada.

O Jarvish X-AR tem o preço inicial de USD $1.599. Seu protótipo fez muito sucesso na CES desse ano, e a companhia pretende começar a enviar os produtos comprados no período de pré-venda em agosto de 2019.

WhatsApp chat
Close Panel