Os Dodgers integram Realidade Virtual em seus treinos

Os Dodgers integram Realidade Virtual em seus treinos

A temporada de 2019 será a primeira em que os Los Angeles Dodgers vão jogar com a implementação completa da Realidade Virtual em seu currículo de treinamentos, marcando o início de uma nova era no treinamento atlético profissional.

O sistema de treinamento VR, desenvolvido pela provedora de experiências de imersão WIN Reality, oferece aos jogadores profissionais um treino imersivo, e com bom custo benefício, de prática de rebatimento de bolas. A experiência usa imagens de CG, vídeos live-action, e modelos data-driven para criar simulações detalhadas da performance do arremessador adversário, mostrando desde sua posição, até a velocidade de arremesso e movimentação.

Simulação de treino em VR

“Isso ajuda o rebatedor a se familiarizar”, disse o treinador Dave Roberts durante uma entrevista para o LA Times. “Não é para treinar o swing, é mais para ver de onde a bola vem, seu voo, o caminho que ela percorre até o home plate.”

O novato dos Dodgers, Matt Beaty, utilizou a tecnologia de Realidade Virtual recentemente para se preparar para uma partida contra o New York Mets. Após a inserção de alguns dados no sistema e configurações básicas, Beaty pode treinar junto com uma réplica idêntica do arremessador do Mets, Noah Syndergaard, e se familiarizar com o estilo do jogador adversário.

Os jogadores colocam o HTC Vive Pro headset em um local dedicado para isso em sua sala de treinamentos, recebem um taco em miniatura equipado com um botão de gatilho, que inicia o swing. O sistema mostra uma abundância de informações que condizem com cada movimento de cada arremessador, incluindo velocidade, localização, e outras informações importantes que ajudam os rebatedores a se preparar para cada adversário, especificamente.

“A ideia de os rebatedores poderem treinar rebatidas especificas antes de entrarem no box, antes do jogo, é uma grande vantagem” diz o arremessador do Dodgers, Ross Stripling. “Parece um videogame – mas um videogame muito bom.”

Desde a introdução da tecnologia de Realidade Virtual há alguns meses, membros do time têm mostrado interesse na solução de treino. Alguns jogadores, como Corey Seager e A.J. Pollock, implementaram o sistema em seu programa de treinos, outros a usam ocasionalmente, mas ainda existem aqueles que preferem treinar só analisando os vídeos de jogadas antigas.

“Gosto que a tecnologia pode te ajudar com o seu timing e te dar um feedback do que os arremessadores estão fazendo” disse Russel Martin, apanhador do Dodgers. Mas “você não está vendo a bola de verdade. É só um ponto. Eu gostaria de ver as nuances e rotações da bola.”

Independente da qualidade atual da experiência, a WIN Reality está aos poucos ganhando atenção de grandes organizações a procura de dar um próximo passo no treinamento de atletas profissionais. Por oferecer aos times o primeiro sistema de treinos portátil em Realidade Virtual capaz de simular performances dos adversários, a companhia pode se tornar facilmente o maior provedor dessa tecnologia no mundo.

Tem alguma dúvida sobre Realidade Virtual? Quer desenvolver algum projeto com a tecnologia? Entre em contato conosco pelo site agenciacasamais.com.br ou pelo telefone: (11) 3467 – 1985.

WhatsApp chat
Close Panel