Windows VR passa a rodar programas de desktop em Realidade Virtual

Windows VR passa a rodar programas de desktop em Realidade Virtual

A primeira metade de fevereiro veio cheia de boas notícias para quem tem um headset com Windows VR. No primeiro dia do mês, a Microsoft lançou uma prévia de uma versão do Windows com novos recursos, incluindo a capacidade de rodar programas regulares de desktop em Realidade Virtual. Sempre foi possível executar os programas baixados da Windows Store no Windows VR, mas apps de fora da loja própria da marca – como Photoshop, Spotify, Google Chrome, entre outros – não funcionavam.

Enquanto o Windows Mixed Reality só permitia o uso de apps comprados da Windows Store, mas com a nova integração com o Win32 é possível abrir aplicativos de desktop normalmente dentro do Windows Mixed Reality Portal, a tela home no ambiente do Windows VR.

As opções de apps inclusas no Win 32 são os softwares que os usuários do Windows 10 estão acostumados a usar em seus computadores desktop; dentre eles, temos o Photoshop, Spotify, Google Chrome e Steam.

O novo recuso veio como parte do Windows Insider Preview 18329. A Microsoft alertou que haverão muitos bugs para aperfeiçoar até que tudo esteja pronto para uso. Enquanto isso, estão encorajando os usuários a mandarem o máximo de feedback possível. Por ser uma versão de teste, alguns dos recursos presentes nessa versão podem não passar para a versão final de lançamento, no futuro.

O Windows Insiders inclui, também, melhorias em diversos recursos já existentes, como a barra Top Apps na página inicial, ADLaM e suporte para fontes diferentes e a possibilidade de selecionar uma fonte padrão, além de melhorar o uso do E-mail e do Calendário.

WhatsApp chat
Close Panel